PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Justiça suspende contrato dos pombos na Câmara Municipal

Foto: Freepik
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Empresa é acusada de eliminar ninhos e ovos das aves

O juiz Rafael Tocantins Maltez, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos, concedeu liminar nesta quarta-feira (6) para suspender o contrato da Câmara de Guarulhos com a empresa Matheus Duarte Viel ME para dedetização, desratização e controle de pombos. A informação foi divulgada, inicialmente, pelo jornalista Sérgio Lessa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A ação judicial foi impetrada pelo vereador Geleia Protetor (PSDB), que acusou a empresa de desrespeitar a legislação ambiental no caso dos pombos. Ele chegou a bater boca com o presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT).

Geleia afirmou que a empresa utilizou veneno para matar os pombos, o que foi negado por Martello.

Na liminar, Maltez argumenta que a Viel não é transparente sobre os métodos para o controle de pombos. A empresa é proveniente da cidade de Urânia, no interior paulista. O contrato anual é de R$ 44.900 para combater os pombos, além de R$ 39.500 para nebulização dos ambientes e R$ 13.900 para desratização.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE