fbpx
PUBLICIDADE

Indústria, comércio e serviços alavancam demissões em Guarulhos

desemprego - carteira de trabalho tr
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Caged aponta aumento do desemprego no mês de maio

O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, revela que Guarulhos registrou déficit de 4.493 vagas de trabalho no mês de maio. Os setores industriais, comerciais e de serviços são os mais impactados pelos cortes, no segundo mês completo de quarentena na cidade.

Segundo o Caged, apenas o setor agropecuário teve aumento do número de vagas. Mas os índices são praticamente irrelevantes, com seis admissões e quatro desligamentos.

A situação mais complexa foi nos serviços, que tiveram déficit de 2.276 postos de trabalho. Os demais segmentos atingidos foram indústria (-1.154), comércio (-954) e construção (-111).

Em relação ao saldo negativo, quase 3 mil tinham o ensino médio completo. Entre os guarulhenses com ensino superior, apenas 382 perderam os empregos. A cada três demitidos, dois eram homens e um mulher.

No ano, Guarulhos apresenta déficit de 17.450 vagas. Apenas em fevereiro a cidade teve alta nas admissões: 2.433.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM