fbpx
PUBLICIDADE

Guti manda para o MP caso das máscaras caras

Foto: Unplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

O prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), determinou nesta quinta-feira (16), que o caso da compra das 300 mil máscaras por preços exorbitantes seja encaminhado para apuração do Ministério Público de São Paulo. Ele determinou ainda sindicância interna da Secretaria Municipal de Saúde para averiguar o procedimento.

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) determinou investigação da compra das máscaras a preço unitário de R$ 6,20, muito acima do praticado pelo mercado antes da pandemia. O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais.

Em live, no Facebook, na noite de ontem (15), o secretário municipal de Saúde, José Mário, afirmou que os preços são exorbitantes, mas que é melhor pagar mais caro agora do que deixar os funcionários da saúde sem equipamentos. Ele disse que pediu cotação de 70 empresas e contratou o preço mais barato.

Na mesma live, Guti disse que a Prefeitura poderia cobrar judicialmente os fornecedores que praticam preços abusivos após a pandemia.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM