fbpx
PUBLICIDADE

Guti diz que pode acionar Judiciário para cobrar Sabesp por falta de água nos bairros 

Foto: Reprodução/Facebook
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Região do Pimentas sofreu com desabastecimento após obra da companhia na semana passada

O prefeito Guti (PSD) afirmou em vídeo publicado nas redes sociais, na noite de terça-feira (27), que pode cobrar a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) na Justiça caso problema de falta de água como o que afetou os moradores do Pimentas desde o último final de semana voltem a se repetir. Segundo Guti, o desabastecimento na região foi um problema “pontual”.

“Pontualmente, no Pimentas, nesse final de semana, a gente sofreu muito com isso […] Eu quero garantir a vocês, seja problema de abastecimento pontual ou até mesmo o tapa-buraco, tapa-valas ocasionado pela Sabesp, a gente vai até o último limite cobrar. É meu dever enquanto guardião. A gente vai cobrar, se preciso for, até no Judiciário, não só com a Sabesp, mas com todos os prestadores”, afirmou o prefeito. 

Guti garantiu que “o reparo já foi concluído e a normalização do abastecimento está sendo feita gradualmente pela Sabesp nas áreas afetadas”.

“A gente tá cobrando demais a Sabesp. Eles estão trabalhando para normalizar o mais rápido possível a distribuição de água lá”, reforçou o prefeito.

Recentemente, Guti também não descartou multar a companhia pelos constantes buracos deixados nas ruas da cidade.  O prefeito se encontrou com o governador Rodrigo Garcia no início deste mês, durante a inauguração do 15º Baep, no Parque Cecap, e aproveitou a ocasião para cobrar o governador Rodrigo Garcia (PSDB) sobre o problema. 

O contrato com a Prefeitura prevê que o serviço seja executado em até 72 horas. Na prática, a Sabesp teria três dias para cobrir os buracos, mas o prazo sempre fica estendido.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM