PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Guilherme Boulos é intimado a prestar depoimento à PF por crítica a Bolsonaro

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Reprodução/YouTube

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Líder do PSOL escreveu um tuíte que foi considerado uma ameaça ao presidente

O ex-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL) foi intimado pela Polícia Federal para prestar depoimento por críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A informação foi confirmada por Boulos em seu perfil no Twitter. 

“Fui intimado pela PF na Lei de Segurança Nacional por um tuíte sobre Bolsonaro. A perseguição deste governo não tem limites. Não vão nos intimidar!”, escreveu o líder do PSOL, professor e coordenador do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e da Frente Povo Sem Medo. 

Error: Embedded data could not be displayed.

O tuíte que fez Boulos ser enquadrado na Lei de Segurança Nacional, escrito em 20 de abril do ano passado, foi considerado uma ameaça a Bolsonaro. “Um lembrete para Bolsonaro: a dinastia de Luís XIV terminou na guilhotina”, escreveu. 

Reprodução

Boulos rebateu a frase dita por Bolsonaro após o presidente participar de um ato que pedia intervenção militar: “Eu sou a Constituição”.

Luís XIV foi rei da França e governou o país por 72 anos. É atribuída a ele a emblemática frase: “O Estado sou eu”.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Boulos terá que se apresentar na superintendência da PF, em São Paulo, no dia 29, às 16h. 

PUBLICIDADE

Previous
Next

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Error: Embedded data could not be displayed.
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM