fbpx
PUBLICIDADE

Guarulhos deve receber primeiro lote de vacinas da dengue com 34.270 doses

vacina contra dengue
Foto: Agência Brasil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Vacina contra dengue deve ser aplicada em duas doses e imunização pode ter início com crianças

Guarulhos deve receber, na próxima semana, o equivalente a 34.270 doses da vacina contra a dengue, segundo nota divulgada pelo Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê).

De acordo com o consórcio, as vacinas foram enviadas ao estado de São Paulo pelo Ministério da Saúde a partir de sexta-feira (9) para atender aos 11 municípios contemplados na região.

No entanto, até o momento não há informação sobre a data em que os imunizantes estarão disponíveis para as administrações municipais e como será feita a distribuição das doses.

Ao todo, as 11 cidades vão receber 79.416 doses, número que, a exemplo do início da campanha de Covid-19, é menor que o necessário para imunizar as crianças da faixa etária preconizada, com isso, os municípios estão avaliando estratégias de atendimento.

Segundo a Nota Técnica divulgada pelo Ministério da Saúde, a vacina será aplicada em duas doses. A recomendação é iniciar a imunização pelo público-alvo com idade entre 10 e 11 anos. A pasta divulgou, ainda, que a segunda dose será enviada aos municípios posteriormente considerando o intervalo recomendado de três meses entre as aplicações.

O Ministério da Saúde esclareceu que a definição das cidades atendidas levou em consideração “municípios de grande porte (com população igual ou superior a 100 mil habitantes) que apresentam alta incidência de dengue no país”.

O Governo de SP confirmou na terça-feira (6) a primeira morte por dengue em Guarulhos neste ano. A vítima é uma idosa de 104 anos, moradora do Pimentas, que não teve a identidade revelada, afirma a Secretaria da Saúde de Guarulhos.

Embora exista o imunizante contra a dengue, o Ministério da Saúde reforçou em sua Nota Técnica que o controle do Aedes aegypti, seja pelas ações de combate ou prevenção, ainda é o principal método para evitar e controlar a dengue e outras doenças, como Zika e Chikungunya.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM