PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Feriado prolongado, com baixa adesão, é última aposta de Doria antes do lockdown

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Estado tem protocolo pronto para aplicar confinamento total

O governador João Doria (PSDB) afirmou que o feriado prolongado criado pela antecipação de outros feriados é uma aposta para evitar a aplicação do lockdown, que é o confinamento total, para conter a propagação do novo coronavírus. A declaração ocorreu em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (20), no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Evitar a medida extrema demonstra respeito e atitude. Mas se os índices (de infecções e mortes pela covid-19) crescerem mais, seremos obrigados a adotar o lockdown”, explicou Doria.

A proposta de antecipação dos feriados não teve a adesão desejada pelo Estado. Na capital paulista, Corpus Christi e Consciência Negra foram colocados nesta semana. A Revolução Constitucionalista deve ser comemorada em 25 de maio – depende ainda do aval da Assembleia Legislativa. Ao todo, serão seis dias do feriado prolongado na cidade de São Paulo.

A Febraban (Federação Nacional dos Bancos) comunicou que fará atendimento aos clientes nestes dias, apesar dos feriados. A maioria das cidades da Grande São Paulo descartou antecipar a Consciência Negra. Outros municípios, como Guarulhos e Arujá, rejeitaram antecipar o Corpus Christi.

O Sistema de Monitoramento Inteligente, do Governo do Estado, aponta que os índices de isolamento social alcançam os maiores índices nos domingos e feriados. O lockdown é adotado no Estado do Amapá e em cidades de outros 10 estados.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE