PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ex-MasterChef 2020, Cecília Ramos, morre vítima da covid-19

Foto: Reprodução/redes sociais
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

A empresária e cozinheira Cissa Pretinha não resistiu às complicações da doença 

A participante do MasterChef Brasil 2020, Cecília Ramos Pires Pimentel, morreu vítima da covid-19, aos 41 anos, neste sábado (3). Ela estava internada há mais de um mês e não resistiu às complicações da doença. 


O marido Francisco Pires confirmou a morte da empresária e cozinheira. “Com muita tristeza informo que veio a falecer a minha esposa, nossa eterna amiga Cecília’, escreveu. 

Cecília participou do episódio de estreia da 7ª temporada do MasterChef, no ano passado. O programa mudou o formato por conta da pandemia e passou a escolher um vencedor a cada episódio. Os colegas que participaram da mesma edição lamentaram a morte de Cecília.

O chef Hailton Arruda, vencedor do primeiro episódio, publicou uma foto ao lado de Cecília. Ela aparece com um grande sorriso, aplaudindo Arruda que erguia o troféu do programa.

“Você sempre esteve ao meu lado. Antes de passar por essa porta, você olhou pra mim e disse: ‘Você que vai ganhar isso’. Cecília, você sempre será eterna. Te amo, minha grande irmã. Tô mal”, escreveu. 

A ex-participante Jordana Busse postou um vídeo nas redes sociais emocionada. Ela lamentou a morte de Cecília e manteve um grupo que fazia correntes de oração no período de internação. “Foram 40 dias de orações por sua recuperação”, disse.  

Conhecida como Cissa Pretinha pelos familiares e amigos, a ex-MasterChef não levou o troféu, mas cativou o público com seu carisma e alegria. Em entrevista ao GRU Diário, em agosto do ano passado, ela contou ter ficado surpresa com a repercussão que teve nas redes sociais. “Não esperava ser a queridinha do público”, disse

No episódio que participou, os pratos foram escolhidos por quatro famosos, em gravação por vídeo. O cantor de pagode Thiaguinho pediu feijoada, prato que Cissa desejava ter feito, mas acabou preparando o estrogonofe de bode escolhido pelo humorista Tirullipa.

A feijoada era uma de suas especialidades na cozinha e também um prato que preparava em ações sociais, como o evento “Encontro dos Amigos”. Após a participação no programa, Cissa abriu um salão de beleza que manteve até a sua morte.

O corpo de Cissa foi sepultado neste domingo (4) no cemitério Valle dos Reis, em Taboão da Serra (SP). Ela deixa a mãe, o marido e o filho de 19 anos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM