Estado tem 110 presos sob suspeita do novo coronavírus

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Divulgação/Sifufesp

Maior parte dos casos de contaminação em Guarulhos é de agentes penitenciários. No caso dos óbitos, doença já vitimou um servidor e um detento na cidade

O sistema prisional em Guarulhos já começa a sentir os efeitos da pandemia do novo coronavírus. De acordo com dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), 110 presos estão isolados preventivamente em todo o Estado com suspeita da doença.

Outros 30 presos já tiveram a confirmação da COVID-19, dos quais 12 faleceram, entre eles um detento da Penitenciária José Parada Neto I, em Guarulhos.

A SAP informou em nota que mais dois presos, uma da Penitenciária I e outro da II, testaram positivo e estão em tratamento contra a doença em unidades hospitalares da região. 

No caso dos profissionais que atuam nos presídios, 54 tiveram a confirmação da doença e 10 faleceram. Entre os servidores que atuam em Guarulhos, dois trabalhadores do Centro de Detenção Provisória (CDP) II  se curaram da doença e um agente que trabalhava no I de Guarulhos, na Várzea do Palácio, faleceu.

“Atualmente, 10 funcionários dos presídios de Guarulhos estão afastados em observação, cumprindo isolamento, sendo que sete trabalham na Penitenciária I de Guarulhos e três na II de Guarulhos”, informou a Secretaria.

De acordo com a SAP, nos casos suspeitos entre os presos “o paciente é isolado e a Vigilância Epidemiológica local é contatada. Os servidores em contato com o paciente devem usar mecanismos de proteção padrão, como máscaras e luvas descartáveis. Se confirmado o diagnóstico, além de continuar seguindo os procedimentos indicados, o preso será mantido em isolamento na enfermaria durante todo o período de tratamento e, em caso de agravamento, transferido para atendimento hospitalar”.

No caso dos servidores, a Secretaria disse que os afasta “sob medidas de isolamento em sua residência, conforme orientações do Comitê de Contingência do coronavírus” e acompanha seu quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para sua recuperação.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -