PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Estado indica que Grande São Paulo pode reabrir a partir do dia 15

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Doria dá recado que prefeitos não podem fugir do Plano São Paulo

Os dados do Centro de Contingência do Coronavírus divulgados nesta quarta-feira (3) indicam que a Grande São Paulo tem avançado na instalação de novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A expectativa é que os municípios, entre os quais Guarulhos, possam entrar na fase laranja de flexibilização da quarentena, com liberação dos comércios não essenciais, a partir de 15 de junho.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, a taxa de ocupação de leitos de UTI caiu de 93% para 85,5% na última semana na Grande São Paulo. O índice precisa ficar abaixo de 80%, na próxima terça-feira (9), para garantir a reabertura dos comércios no dia 15.

Vinholi explicou que o Estado instalou 161 leitos de UTI na Região Metropolitana, sendo 61 na região do Alto Tietê – a qual Guarulhos faz parte. O prefeito Guti (PSD) anunciou, na noite de ontem (2), a reabertura dos comércios no dia 15, se houver liberação nas cidades vizinhas e aumento dos leitos de UTI.

O governador João Doria (PSDB) disse hoje, em coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes, que não indica que os prefeitos tomem posições diferentes das orientadas pelo Plano São Paulo, referenciado pelo Centro de Contingência. Ele disse que prefeitos que tenham orientações distintas das estaduais podem ser acionados pelo Ministério Público do Estado de São Paulo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE