fbpx
PUBLICIDADE

Estado contabiliza 110 óbitos por covid-19 em Guarulhos a mais do que a Prefeitura

Foto: Sharon McCutcheon/Unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

População não sabe quantas pessoas morreram, de fato, pelo novo coronavírus em Guarulhos

A divergência entre os boletins epidemiológicos do Governo do Estado e da Prefeitura de Guarulhos se mostra cada vez mais evidente na contabilidade dos casos do novo coronavírus na cidade. A diferença, que passa a ser gritante, impede que os guarulhenses saibam, de fato, qual é a real incidência da doença na cidade.

Nesta quinta-feira (25), a Secretaria Municipal de Saúde informou que há 7.466 casos confirmados da covid-19 na cidade, além de 538 mortes. Neste balanço, a letalidade da doença é de 7,2% em Guarulhos.

Também hoje, a Secretaria de Estado da Saúde registrou 5.665 infectados em Guarulhos, além de 648 vítimas fatais da doença. Neste caso, a letalidade fica em 11,4%.

Ou seja, a Prefeitura aponta 1.801 infectados em Guarulhos a mais do que o Estado. Já o levantamento estadual pontua 110 mortes a mais.

A reportagem conversou com envolvidos nos dois lados. Fontes da gestão municipal dão conta que foram encontrados pessoas vivas, que eram tidas como mortas pelo Estado. Do lado estadual, se fala que já ocorreu algumas falhas nos preenchimentos das fichas nos hospitais.

Os dois lados admitem um certo delay nas informações entre os hospitais e órgãos públicos. A primeira morte em Guarulhos, por exemplo, foi de uma idosa que estava internada em um hospital particular em São Paulo. Neste caso, a Prefeitura só contabilizou a morte uma semana depois do Estado.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM