fbpx
PUBLICIDADE

Estado aponta recorde de mortes pela covid-19 em Guarulhos com 53 vítimas nesta terça

Foto: Jackson Argolo/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Dados do Estado divergem das informações da Prefeitura, que aponta 33 mortes

Dados do Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), apontam que Guarulhos registrou nesta terça-feira (23) o dia mais letal da covid-19, com 53 vítimas.

Os dados estaduais divergem dos dados municipais, que apontam 33 mortes para a mesma data. Vale ressaltar, entretanto, que a metodologia e até mesmo o período de fechamento do boletim diário de cada órgão pode compreender períodos diferentes, mesmo que ambos englobem 24 horas, o que justificaria esta diferença.

A Prefeitura registra 2,4 mil óbitos pela doença na cidade, enquanto o Estado aponta um diferença de 18 óbitos a mais, porém, enquanto a gestão municipal aponta 51 mil casos confirmados, o governo estadual diz que a cidade tem 38 mil.

Guarulhos, assim como todas as cidades brasileiras, não conseguiu fazer uma ampla testagem para saber quantas pessoas estavam contaminadas ou foram assintomáticas ou sintomáticas.

Para se ter uma ideia, em Guarulhos mais de 184 mil pessoas tiveram suspeitas de covid-19 e mais de 118 mil foram descartadas. A população da cidade é de 1,4 milhão, aproximadamente.

Nesta terça-feira, o prefeito Guti (PSD) tomou medidas ainda mais restritivas, como determinar a presença de apenas uma pessoa por compra nos supermercados e disse que vai fichar criminalmente donos de bares e baladas que forem flagrados desrespeitando o decreto do Plano São Paulo.

Ele afirmou também que a cidade terá barreiras sanitárias móveis e que a GCM abordará pessoas nas ruas durante o período do toque de recolher.

A cidade segue com uma ocupação de leitos de UTI de 95%, mas, como afirmou o secretário de Saúde, José Mario, este índice é muito instável e a qualquer momento o sistema de saúde pode colapsar.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM