PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Esposa de morador assassinado na Vila Galvão diz que ele não sofria ameaças nem tinha inimigos

morador assassnado - vila galvão
Marcos Paulo espera o portão abrir, segundos antes de ser assassinado (Foto: Reprodução)
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Comerciante foi morto a tiros na manhã de hoje, na garagem de casa 

A esposa, de 49 anos, do morador assasinado na manhã desta segunda-feira (7), no Jardim Vila Galvão, contou à polícia que o marido não sofria ameaças nem tinha inimigos. A vítima, identificada como Marcos Paulo, foi morta por um atirador encapuzado quando saía de casa. 


O casal estava junto há 11 anos e morava na rua Arthur Rodrigues Alcântara, onde ocorreu o crime. Marcos Paulo tinha 45 anos e era comerciante.  

Segundo o boletim de ocorrência ao qual o GRU Diário teve acesso, a esposa estava dentro da casa quando ouviu os tiros de fuzil. Com medo, ela correu para o andar de cima do sobrado e fechou o portão. Em seguida, ligou para a Polícia Militar para pedir ajuda.

Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que Marcos Paulo foi assassinado.
O atirador contou com a ajuda de um comparsa que dirigia um Fiat Mobi de cor branca. Os dois criminosos estão foragidos.

Não foi possível identificar a placa do veículo apesar das imagens das câmeras, mas elas podem ser periciadas.

Os agentes apreenderam os projéteis deixados no local do crime e enviou as imagens para o Setor de Homicídios de Guarulhos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM