Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Engenharia da Folia

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Montagem de um desfile de Carnaval exige muitos cuidados técnicos (Foto: Divulgação)
Error: Embedded data could not be displayed.

Carnaval é a maior festa popular do país, isso todos sabem, mas assim como sua grandeza cultural e de alegria, os riscos aos foliões também são grandes. Por trás das grandes festas a segurança e o bem estar das pessoas é fundamental, é aí que a engenharia entra, você sabia?

O processo do carnaval é como um projeto de engenharia, tem início, meio e fim, além de recursos limitados e prazos a serem cumpridos, a semelhança avança para a fase do desfile e dispersão, que é acompanhado por profissionais legalmente habilitados para cada necessidade levantada em projeto.

Dentro de um desfile de carnaval, temos a engenharia mecânica, engenharia de produção, engenharia elétrica, temos a engenharia civil, engenharia de tráfego, engenharia de segurança do trabalho e muitas outras áreas da engenharia.

Os carros alegóricos são estruturas metálicas com recursos cada vez mais avançados, desde sistemas elétricos para iluminação, equipamentos e movimentação, além de sistemas hidráulicos e mecânicos que fazem as peças articuláveis se movimentarem, além da parte pirotécnica e eletrônica.

Muitos cálculos são feitos, das cargas dos materiais utilizados, da movimentação dos veículos, até simulação dos efeitos dos foliões pulando e sambando em cima dos mesmos. Esses cálculos levam em conta normas e técnicas de engenharia de materiais e outras.

Desde 2017, após os acidentes com os carros alegóricos das Escolas de Samba Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca, os controles e fiscalizações com os carros alegóricos tomaram maior dimensão e publicidade.

CREA, Bombeiros, INMETRO e outros órgãos de fiscalização e controle tem sido mais rígidos e cuidadosos em suas vistorias, antes, durante e após os eventos.

É importante certificar-se que cada solda ou parafuso estejam corretamente dimensionados, e nos locais adequados, assim como, devem ser executados com procedimentos técnicos que levam em conta todos os itens de segurança.

Com a construção de estruturas alegóricas cada vez maiores e mais sofisticadas a engenharia tem sido fundamental para o sucesso do Carnaval.

Além dos carros alegóricos, temos os engenheiros responsáveis por cuidar das arquibancadas, da acessibilidade para todos os foliões, dos sistemas contra incêndio, sinalizações e saídas de emergência, movimentação do trânsito e mobilidade em geral, do abastecimento de água, energia e demais sistemas que geram segurança e conforto para quem participa desta grande festa, não esquecendo do pavimento por onde tudo isso passa, ou seja, o grande palco, a passarela do samba!

Mas não é só no desfile das escolas de samba que temos a engenharia envolvida. Nos bloquinhos, nas grandes festas, nos trio-elétricos nos megashows também temos profissionais técnicos envolvidos. O planejamento das rotas dos bloquinhos ou de movimentação das festas são, muitas vezes, feitos em softwares de simulação, por engenheiros especializados em trânsito, os trios elétricos se utilizam de uma infinidade de sistemas que os fazem funcionar, que são cuidadosamente inspecionados por engenheiros e técnicos eletricistas, eletrônicos e mecânicos.

Obviamente que no momento em que as coisas estão em uso, sempre pode acontecer algum problema. Nessas horas o recurso técnico de baixo custo de cunho temporário até que falhe, a famosa “gambiarra”, sempre está liberada, no entanto, com responsabilidade e cuidado para manter sempre a segurança em primeiro lugar.

No Rio de Janeiro, mais precisamente no CEFET/RJ, existe um grupo de pesquisa sobre as aplicações da engenharia no carnaval, os bombeiros e o CREA têm implementado regras de inspeções e acompanhamento dos carros alegóricos cada vez mais rígidos ao longo dos anos. A obrigatoriedade no recolhimento de ARTs (Atestado de Responsabilidade Técnica) para os profissionais responsáveis pelas estruturas, soldagens, elétrica, eletrônica e etc., é item importante para se garantir não só a responsabilidade sobre os projetos, construção e operação, ao longo dos desfiles mas dar o mínimo de tranquilidade quanto ao atendimento das normas de segurança.

Obviamente, ainda existe muita imprudência por parte de alguns irresponsáveis pelo carnaval, mas esses devem ser responsabilizados e punidos de forma exemplar caso aconteça algum acidente, e ainda, devem deixar de ser prestigiados pelos foliões, afinal, se não há procura por parte dos foliões não haverá recursos financeiros e estes que não cuidam adequadamente dos preparativos acabam por ser afastados do carnaval.

Por isso, fiquem atentos!

Participem e prestigiem apenas os desfiles e festas que tenham os cuidados necessários para manter a segurança e conforto de todos, esses eventos são um pouco mais caros, mas a nossa vida e segurança não tem preço, vale o custo!

E caso percebam alguma coisa errada ou sem o correto funcionamento, pode ter certeza, lá não tem o bom uso da engenharia!

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.