fbpx
PUBLICIDADE

Educação confirma mais cinco casos de covid-19 em escolas estaduais de Guarulhos

Escola Estadual Victor Civita, em Guarulhos (Foto: Governo de SP)
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Aulas presenciais voltam a ser suspensas devido ao agravamento da pandemia  

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) confirma mais cinco casos de covid-19 em escolas estaduais de Guarulhos. A pasta não informa o nome das escolas onde os casos foram confirmados nem a função das pessoas infectadas. A Seduc ainda afirma que não há escolas fechadas em Guarulhos por conta de casos do novo coronavírus. 

O GRU Diário questionou a Seduc sobre 19 casos em 8 escolas da cidade (veja abaixo), sendo um óbito registrado, que foram apontados pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), de janeiro até 10 de março. Do total de casos, cinco foram confirmados pela Seduc. 

“Esta listagem apresenta casos de professores que estavam em trabalho remoto, além de casos que já finalizaram o período de quarentena e que os docentes já retornaram às atividades”, esclarece a Seduc. 

Sobre o óbito registrado na escola EE Maria Célia Falcão Rodrigues, a pasta afirma que a professora havia acabado de se aposentar e não exercia mais atividade na unidade escolar. 

A Seduc informou ao GRU Diário, por meio de nota, que segue todos os protocolos definidos por autoridades de saúde e preserva a segurança de professores, servidores e alunos. A Seduc orienta que servidores e estudantes sejam afastados ao comunicarem os sintomas e aguardem os resultados em casa, respeitando a quarentena.  

Os casos confirmados de servidores e alunos são acompanhados por meio do SIMED (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19) da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que tem os dados atualizados diariamente.

Ainda de acordo com a pasta, “a Comissão Médica da Educação, formada por médicos pediatras, infectologistas e epidemiologistas, cumpridos os protocolos sanitários estabelecidos não há evidência científica de que as escolas apresentem alto risco de transmissão e, muito menos, é possível se afirmar que seja ambiente de contágio quando há casos positivos de covid, pois não é o único local de circulação das pessoas”.

O GRU Diário publicou em fevereiro que houve 10 casos da covid-19 em sete escolas estaduais de Guarulhos

Recesso antecipado

Com a fase emergencial do Plano São Paulo, decretada pelo governador João Doria (PSDB) nesta quinta-feira (11), as aulas presenciais voltam a ser suspensas, tanto na rede pública, como na rede privada, entre 15 e 30 de março. A medida visa combater a propagação da covid-19 e o colapso de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, as escolas estaduais terão os recessos antecipados. Se necessário, as férias escolares também serão adiantadas. A recomendação é que as escolas municipais e particulares tomem a mesma medida.

Casos divulgados pela Apeoesp 

1 – EE PROFESSORA MARINHA FERREIRA DO NASCIMENTO 
Uma professora infectada

2 – EE BARTHOLOMEU CARLOS
Dois professores infectados

3 – EE VICTOR CIVITA CUMMINS BRASIL 
Um estudante infectada

4 – EE  PROFESSORA ZILDA GRAÇA MARTINS DE OLIVEIRA 
Três professora infectados

5 – EE  PROFESSORA SALIME MUDEH 
Um professor infectado

6 – EE  MARECHAL CARLOS MACHADO BITENCOURT 
Uma funcionária infectada.

7 – EE  PROFESSORA MARIA CÉLIA FALCÃO RODRIGUES 
Uma professora infectada que veio a óbito.

8 – EE  JOÃO DE ALMEIDA BARBOSA 
Seis professores infectados
Três funcionários infectados
 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM