PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Doria e Lula dão trégua em briga pessoal e filhos de Bolsonaro rebatem críticas ao pai

Foto: Reprodução/Twitter
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

O governador João Doria (PSDB) e o ex-presidente Lula decidiram dar uma trégua na briga pessoal entre os dois e manter um discurso mais alinhado ao combate contra o coronavírus.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Em seu twitter, o ex-presidente afirmou que:

“Nossa obsessão agora tem que ser vencer o coronavírus. Chegamos ao ponto do Doria ter que mandar a PM invadir fábrica pra pegar máscara. A gente tem que reconhecer que quem tá fazendo o trabalho mais sério nessa crise são os governadores e os prefeitos”.

E foi respondido por Doria:

“Temos muitas diferenças. Mas agora não é hora de expor discordâncias. O vírus não escolhe ideologia nem partidos. O momento é de foco, serenidade e trabalho para ajudar a salvar o Brasil e os brasileiros”.

Quem não gostou nada destes comentários foram os filhos do presidente Jair Bolsonaro.

“Ainda precisa desenhar? Eis as duas bandas que formam a bunda”, escreveu Carlos Bolsonaro.

“O recado de Lula não é de união, é político: neste momento vale a pena PT estar junto do PSDB contra Bolsonaro”. “Antigamente PT e PSDB se fingiam de opositores, o que era conhecido como estratégia das tesouras. Hoje eles não tem mais esse pudor”, disse Eduardo Bolsonaro.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE