fbpx
PUBLICIDADE

Dinamarca vai sacrificar 17 milhões de animais que tem novo coronavírus mutante

Vison
Foto: Pixabay
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

De acordo com governo, vírus com mutação contaminou 12 pessoas até o momento

A Dinamarca deve sacrificar mais de 17 milhões de visons na próxima semana que tivera uma mutação do sars-cov-2, o novo coronavírus, por temor de que uma nova pandemia possa se espalhar pelo País e pelo mundo.

O vison é um animal muito parecido com a doninha e é criado em fazendas para serem mortos e utilizados para confecção de casacos de pele.

O objetivo principal do sacrifício é evitar que a existência de uma eventual vacina contra o novo coronavírus se torne fraca e que o vírus comece uma nova onda no mundo com uma mutação mais potente.

“O vírus que sofreu mutação através dos visons poderia representar um risco de que futuras vacinas não funcionem como deveriam. É preciso sacrificar todos os visons”, disse a primeira-ministra Mette Frederiksen, segundo informações do G1.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM