fbpx
PUBLICIDADE

Diante de multidão em Brasília, Bolsonaro ameaça o Supremo Tribunal Federal

Foto: Reprodução/Facebook/Bolsonaro
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Praça dos Três Poderes é tomada por manifestantes a favor do governo federal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conseguiu atrair milhares de pessoas na manhã desta terça-feira (7), no feriado da Independência do Brasil, na frente da Praça dos Três Poderes, em Brasília. Em tom golpista, ele ameaçou o STF (Supremo Tribunal Federal).

 “Nós não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos Três Poderes continue barbarizando a nossa população. Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil”, afirmou, em crítica indireta ao ministro Alexandre de Moraes, do STF, que comanda o inquérito das Fake News, que determinou prisões de seus apoiadores.

No palanque, Bolsonaro subiu ainda mais o tom. “Ou o chefe desse poder encontra o seu ou esse poder pode sofrer aquilo que nós não queremos porque nós valorizamos e reconhecemos o valor de cada poder da República”, ameaçou, sem citar diretamente o nome do presidente do STF, o ministro Luiz Fux.

Para o presidente, o STF não tem respeitado a Constituição. “Quem age fora dela se enquadra ou pede para sair”, disse.

Bolsonaro apresentou pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes no Senado Federal no mês passado. A solicitação foi rejeitada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM). Entre os manifestantes há gritos de ordem e faixas antidemocráticas.  

Há manifestações convocadas pelo presidente em todo o país. A maior deve ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde de hoje (7), que contará com a presença de Bolsonaro.

Grupos contrários ao presidente também fazem protestos, mas com menor número de adeptos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM