Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Creches ilegais funcionam durante a pandemia em Guarulhos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Freepik
Error: Embedded data could not be displayed.

Prefeitura não autorizou retorno das atividades nas unidades escolares

Professores têm montado “creches irregulares” em suas casas, durante a pandemia do novo coronavírus, para receber filhos de pais que trabalham fora, no Estado de São Paulo. De acordo com a Agência Estado, há um registro confirmado em Guarulhos.

Oficialmente, as aulas presenciais estão suspensas. O Governo do Estado de São Paulo planeja autorizar o retorno das atividades, em todo o Estado, em 8 de setembro. Em Guarulhos, a Prefeitura fez consulta pública e 85% dos pais disseram que não pretendem enviar seus filhos para as escolas enquanto não houver vacina contra a covid-19.

Segundo a Agência Estado, cômodos das casas viraram berçários e maternais. As creches irregulares têm sala de recepção e de televisão, além de oferecer atividades pedagógicas, mesmo sem alvarás. Os imóveis foram alugados recentemente, com foco direcionado em atender os pais que não podem contar com as creches regularizadas.

“Como estamos afastadas das escolas e não vamos voltar tão cedo, é uma forma de ajudar os pais e a gente mesmo”, disse uma das professoras, que criou uma creche irregular na cidade. Ela cobra R$ 350 para cuidar de cada criança.

À Agência Estado, a Prefeitura de Guarulhos destacou que a legislação impede o retorno às aulas, mas ponderou que é difícil caracterizar a atividade de creche dentro de uma residência.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.