Coronavírus impede motociclista guarulhense de cruzar fronteira Chile/Argentina

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

O motociclista guarulhense Márcio Volpi, de 43 anos, saiu de casa no último dia 2 de março com destino ao Ushuaia, no extremo sul da Argentina. O percurso, realizado a bordo de uma Honda 500X, tinha previsão de duração de 30 dias e passagem pela Carretera Austral, rodovia localizada no sul do Chile.

Na última semana, Volpi foi surpreendido pela notícia de fechamento da fronteira da Argentina por causa da pandemia do Covid-19 e impedido de se locomover entre as cidades. Há mais de 5 dias, Volpi encontra-se parado em Chile Chico, cidade ao sul do Chile e a 4km da fronteira com a Argentina.

Volpi fez contato com o consulado brasileiro, em Santiago, e foi informado que as fronteiras serão reabertas no próximo dia 31 de março. Até lá, ele se mantém isolado, cumprindo quarentena em um albergue.

De acordo com o motociclista, o consulado brasileiro no Chile também pediu que brasileiros impedidos de sair do país por conta do Covid-19 preencham um formulário e encaminhem-no por e-mail, o que ajudará as autoridades locais na elaboração de uma base de dados para maior agilidade nas informações.

Segundo Volpi, o consulado não fez promessas de intervenção junto às autoridades fronteiriças.

Volpi também considerou a opção de interromper a viagem e voltar para o Brasil. Para isso, ele deveria percorrer cerca de 400 km em estrada de terra até uma cidade chamada Balmaceda, onde deveria encontrar um local seguro para deixar sua motocicleta e pegaria um voo até Santiago, e então para o Brasil, caso houvesse disponibilidade.

Contudo, o deslocamento até Balmaceda é dificultado pela grande quantidade de bloqueios que existem entre as cidades. Diante dessas incertezas e da necessidade, Volpi decidiu permanecer em Chile Chico.

Márcio Volpi é integrante do Falcões Motoclube há pouco mais de 6 meses. Não é a primeira vez que o motociclista faz viagens entre países da América Latina. Volpi já rodou o Paraguai, Chile, Argentina e Bolívia, num total de mais de 10 mil quilômetros percorridos em 25 dias.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -

Error: Embedded data could not be displayed.