fbpx
PUBLICIDADE

Confira o domingo dos candidatos à Presidência da República

Simone Tebet, candidata à Presidência pelo MDB
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Cidades do Nordeste e Sudeste estiveram nas agendas

No primeiro domingo de atividade eleitoral, os presidenciáveis fizeram diferentes atos de campanha pelo Brasil. Hoje (21), os candidatos cumpriram agendas que se dividiam entre cidades do Nordeste e Sudeste. O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) não tiveram atividades.

O candidato do PDT, Ciro Gomes, caminhou pela manhã no mercado São Sebastião em Fortaleza. Conversou com eleitores e comerciantes, apresentando sua proposta de renda mínima.

“Nenhum domicílio brasileiro terá renda inferior a mil reais. Além de erradicar a fome dos lares, também vai ajudar a reativar a economia. O comércio será o primeiro a sentir os efeitos dessa proposta, que terá status constitucional e não poderá ser usado como chantagem em época eleitoral. O Renda Mínima vai reativar toda a cadeia produtiva no Brasil e gerar muitos empregos”, disse Ciro.

O Constituinte Eymael (DC) aproveitou para descansar neste final de semana com a família e não cumpriu agenda oficial.

O presidenciável Felipe D’Avila (Novo) participou de gravações para a sua campanha eleitoral.

O candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) não teve atividade de campanha oficial neste domingo.

Léo Péricles (UP) faz panfletagem na Feira Hippie em Belo Horizonte (MG).

A assessoria de imprensa de Luís Inácio Lula da Silva (PT) informou que o candidato não teve atividades de campanha durante o dia.

Pablo Marçal (Pros) não teve agenda pública durante o dia. Está previsto para a noite um ato de “adesivaço” de carros em Guarulhos (SP).

O Roberto Jefferson (PTB) não teve agenda pública, já que está em prisão domiciliar.

A candidata Simone Tebet (MDB) visitou a comunidade de Heliópolis, na zona sul de São Paulo, onde se encontrou com o Movimento dos Sem-Teto do Ipiranga. Ela abordou a questão da política habitacional.

“Nós temos que pegar todas essas áreas públicas que estão hoje abandonadas, nos centros e nas periferias das cidades, e dar para os municípios e os estados. Não tem sentido áreas de antigas redes ferroviárias, de estatais, de órgãos públicos, que não têm utilidade para a União, e construir casas, que são a porta de entrada para a cidadania. Nós vamos construir 1 milhão de casas da faixa um, 250 mil por ano”, destacou Tebet.

Sofia Manzano (PCB) cumpriu agenda interna de preparação para o calendário de viagens da semana.

Soraya Thronicke (União) fez, pela manhã, uma caminhada e corpo a corpo com eleitores na Feira do Rangel, em João Pessoa, na Paraíba. Em seguida visitou o projeto Shopping Rural, no bairro Jacumã Conde.

Vera (PSTU) não teve atividades de campanha neste domingo.

(Com informações da Agência Brasil)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM