PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Comissão da Câmara aprova relatório para fechar Proguaru

Foto: Vera Jursys/CMG
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Texto ainda precisa ser votado em plenário no Legislativo

A CEE (Comissão Especial de Estudos) da Proguaru, na Câmara Municipal, foi concluída na sexta-feira (10) com a aprovação do relatório do vereador André Alves (Cidadania) que indica o fechamento da empresa como a única medida possível.

Nos últimos meses, a comissão conversou com diretores e funcionários da Proguaru, além de coletar informações junto ao Executivo municipal. A base governista impediu que a comissão contratasse uma auditoria independente para avaliar a situação financeira da empresa.

Alves concordou com o relatório da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que apontou o estado de falência da empresa de economia mista.

O presidente da comissão, Edmilson Souza (Psol), chegou a apresentar um relatório paralelo, junto com Maurício Brinquinho (PT), para propor a continuidade da empresa. Na votação, contudo, o texto de Alves foi aprovado por 9 a 2.

Na próxima semana, o plenário da Câmara deve votar o relatório da comissão.

Ainda ontem, o presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT), apresentou recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, contra a decisão do órgão de rejeitar a convocação de referendo para impedir o fechamento da Proguaru.

A Justiça Eleitoral considera que o referendo deve ser aprovado pela Câmara, apesar das 14 mil assinaturas coletadas. Martello não quer colocar o pedido em votação, pois sabe que a base governista vai se posicionar contra o referendo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE