fbpx
PUBLICIDADE

Comerciante é detido por oferecer um ano de churrasco grátis a quem matasse Doria

comerciante pede morte de Doia
Foto: rreprodução
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Dono da churrascaria a Casa de Parrilla, na Capital, foi detido e liberado após depoimento

O proprietário da churrascaria La Casa de Parrilla, da Zona Sul da Capital, foi detido pela polícia por conta de uma lousa exposta em seu estabelecimento com a promessa de “1 ano de churrasco grátis pra quem matar [o governador] João Doria Jr”, na quinta-feira (4).

O homem foi levado para o 96º Distrito Policial, no Itaim Bibi, prestou depoimento e foi liberado em seguida. Ele não teve o nome divulgado e se propôs a comparecer assim que for solicitado.

Não foi divulgada a motivação de tal ato, mas especula-se que o comerciante estava infeliz com as restrições impostas pelo Plano São Paulo.

Doria já afirmou em entrevista que recebe ameaças por conta da restrições impostas ao comércio para conter o avanço da contaminação do novo coronavírus.

Em Guarulhos, músicos, empresários e comerciantes realizaram um protesto contra o fechamento obrigatório às 20h e integral aos finais de semana.

Depois de uma certa pressão, o governador autorizou nesta semana a reabertura dos estabelecimentos aos finais de semana.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM