fbpx
PUBLICIDADE

China diz que identificou coronavírus em frango exportado do Brasil

Frango brasileiro
Foto: Reprodução/Uol
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Pessoas que tiveram contato com o alimento contaminado testaram negativo para a doença

O governo da a prefeitura de Shenzhen, na China, emitiu um comunicado, nesta quinta-feira, 13, em que afirma ter encontrado a presença do novo coronavírus em asas de frango congeladas exportadas do Brasil.

De acordo com a cidade chinesa, todas as pessoas que tiveram contato com o alimento foram testadas para covid-19 e tiveram resultado negativo.

De acordo com o G1, o número do lote informado no comunicado da prefeitura de Shenzhen pertence ao frigorífico Aurora, de Santa Catarina.

Nem a empresa e nem as autoridades brasileiras se manifestaram sobre o tema.

O Brasil é o maior produtor mundial de carne de frango e principal fornecedor de frango congelado para a China, mesmo tendo perdido parte do mercado para Tailândia, Argentina e Chile.

Para se ter uma ideia,  a carne de frango brasileira resultava em quase US$ 1 bilhão por ano somente na venda chinesa. A detecção do vírus pode gerar novos prejuízos ao Brasil.

Vale ressaltar que ainda não há confirmação de contaminação do novo coronavírus, causador da covid-19, por alimentos.

Camarões do Equador também estão contaminados

Camarões de origem equatoriana também foram apontados prefeitura da cidade de Wuhu como contaminados pelo novo coronavírus.

Os pacotes com o vírus detectados estavam no congelador de um restaurante da cidade. É a segunda vez, desde julho, que o vírus é detectado em camarões equatorianos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM