fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

China aumenta estado de alerta após caso confirmado de peste bubônica

Foto: Unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

China decidiu proibir consumo de animais transmissores da doença

Autoridades chinesas subiram para o nível 3, de um total de 4, o alerta sanitário após a confirmação de um caso de peste bubônica confirmado por na Mongólia Interior.

O camponês que testou positivo para doença está em estado estável de saúde, em quarentena e segue em tratamento com antibióticos comuns.

Com o alerta de nível 3, fica proibida a caça e consumo de animais que podem transmitir a bactéria. As autoridades pedem ainda que casos suspeitos sejam reportados ao órgãos competentes.

No ano passado, duas pessoas morreram em decorrência da doença após consumirem carne de marmota crua.

Uma autoridade da Organização Mundial da Saúde na capital da Mongólia (em Ulan Bator) disse à BBC News que a carne crua e os rins da marmota são usados como remédio pelos mongolinos. A caça da marmota é uma prática ilegal.

Estima-se que a peste bubônica matou de 75 a 200 milhões de pessoas na Eurásia, com pico na Europa entre os anos de 1347 e 1351.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM