Centro de combate no Cecap não é hospital de testagem, diz secretário de saúde

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

Hospital já atendeu 22 mil pessoas e internou mais de 300 pacientes

O secretário municipal de saúde, José Mario, afirmou que o Centro de Combate ao Coronavírus, no Cecap, diferente de muitos comentários feitos em redes sociais, não é um hospital de testagem. A fala ocorreu durante live realizada no facebook nesta terça-feira, 26.

“Esta situação de que algumas pessoas falam que eu fui lá no hospital fazer o teste e não fui testado, não é bem assim. A pessoa que passa é examinada, todos os sinais vitais são coletados, se ela não tiver um quadro clínico que se adeque ao protocolo para fazer o teste, não é feito, ela é orientada”, disse o secretário.

De acordo com Zé Mario, se a pessoa sentir uma piora em seu estado de saúde ela pode retornar ao Centro de Combate para nova avaliação.

O secretário também rebateu críticas sobre o horário de funcionamento. Algumas pessoas chegaram a filmar o hospital em horários sem movimento ou fora do período de triagem e publicaram vídeos em que afirmam que o local é praticamente deserto.

“O horário de atendimento da triagem é das 7h às 19h. Das 19h até as 7h do dia seguinte o hospital está em pleno funcionamento. Toda equipe médica e paramédica está lá dentro trabalhando para salvar estas vidas que estão salvando”, disse Zé Mario.

De acordo com o secretário, se houver necessidade de procurar atendimento durante o período em que o hospital de campanha esta fechado é só se dirigir a uma Unidade de Pronto Atendimento.

O Centro de Combate está com mais de 40 pacientes. Todos os leitos de UTI estão ocupados e mesmo a “sala vermelha”, que deveria ser uma sala de estabilização do estado de saúde de um paciente que saiu da UTI, é usada de forma improvisada para atender a demanda gerada pelo novo coronavírus.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -