fbpx
PUBLICIDADE

Casal que desembarcou em Guarulhos testa positivo para variante ômicron, afirma Anvisa

Foto: Unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Um homem, 41 anos, e uma mulher, de 37, chegaram da África do Sul em 23 de novembro

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgou nesta terça-feira (30) os dois primeiros casos confirmados da nova variante ômicron. A testagem foi realizada pelo laboratório Albert Einstein. Trata-se de um homem, de 41 anos, e de uma mulher, 37 anos, que viajaram para a África do Sul.

“Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras. Ademais, o laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29 e, na data de hoje (30), informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron do Sars-Cov-2”, afirma a agência, em nota.

O casal desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, em 23 de novembro, com resultado de RT-PCR negativo. Mas como eles pretendiam retornar à África do Sul, procuraram o laboratório no aeroporto, no dia 25, quando testaram positivo para covid-19.

Os dois passageiros não tinham tomado a vacina contra a covid-19 e cumprem isolamento domiciliar. Eles apresentam sintomas leves.

As secretarias de saúde estadual e municipal de São Paulo acompanham o caso.

Guarulhos

Dois casos de passageiros vindos da África do Sul, e que desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos, no último sábado (27), testaram positivo para a covid-19 e estão sob suspeita de contaminação da nova variante.

Um morador de Guarulhos, de 29 anos, aguarda o resultado que deve sair ainda nesta semana, assim como um homem entre 40 e 49 anos que estava no mesmo voo do guarulhense. Ele mora em Brasília e está em isolamento domiciliar.  

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM