fbpx
PUBLICIDADE

Câmara Municipal prevê gastar mais R$ 11,5 milhões em novo prédio em 2022

Nova Sede Câmara
Foto: Nico Rodrigues
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Martello deseja construir anexo para até 400 pessoas

Após se mudar para a nova sede, no Itapegica, em março, a Câmara Municipal estima gastar mais R$ 11,5 milhões no próximo ano para reformas no imóvel. A informação consta no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022, que foi apresentado em audiência pública, na quarta-feira (9), no Legislativo.

Em coletiva de imprensa, em janeiro, o presidente da Câmara, Fausto Miguel Martello (PDT), admitiu que planejava construir um anexo na nova sede, com até 400 pessoas, até o final do próximo ano.

A nova sede está no imóvel da antiga fábrica Tapetes Lourdes foi adquirido em 2011 por R$ 14,8 milhões. A obra de adaptação do prédio custou R$ 17,5 milhões.

Martello não gostou das instalações, principalmente do plenário, que julgou pequeno e inadequado. O anexo abrigaria um novo plenário para receber os vereadores, além de um espaço maior na galeria para o público.

Apesar da previsão de investimentos na nova sede, a construção do anexo ainda não foi confirmada pelo Legislativo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM