fbpx
PUBLICIDADE

Brasil encerra Pan na segunda posição com recorde de medalhas

Jogos Pan-Americanos de Santiago
Foto: Gaspar Nóbrega/COB
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Hugo Calderano e Nicole Pircio foram os porta-bandeiras do país na cerimônia de encerramento

O mesa-tenista carioca Hugo Caderno e a ginasta paulista Nicole Pircio foram os porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de encerramento dos Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile), neste domingo (5), no Estádio Bicentenário de La Florida. Os atletas representaram a delegação brasileira que fez a melhor campanha da história na competição. Encerrou na vice-liderança do quadro de medalhas, com 205 (66 ouros, 73 pratas e 66 bronzes), atrás apenas dos Estados Unidos (286).

Até esta edição, o melhor desempenho brasileiro havia sido há quatro anos, no Pan de Lima (Peru): foram 169 medalhas (54 ouros, 45 pratas e 70 bronzes). O encerramento do Pan terá transmissão ao vivo no Canal Olímpico do Brasil.

Neste domingo (5), Calderano, número 4 do mundo, conquistou o segundo ouro dele em Santiago: foi campeão por equipes masculinas ao lado de Vitor Ishiy e Eric Jouti. O trio derrotou o Canadá, ao levar a melhor em três partidas de um total de quatro. Além das medalhas douradas, Calderano foi prata nas duplas masculinas ao lado de Ishiy. Também neste domingo (5), a equipe feminina faturou o bronze, e o tênis brasileiro encerrou o Pan com sete medalhas.

Nascida em Campinas, Nicole Pircio também encerra sua participação no Pan de Santiago em grande estilo: somou três ouros na disputa do conjunto geral – nos cinco arcos e no misto (três fitas e duas bolas).

“Os dois jovens simbolizam o que o Movimento Olímpico tem como mantra: respeito e excelência. São dois atletas vencedores e que se tornaram, rapidamente, inspiração para a juventude esportiva brasileira. O Comitê Olímpico do Brasil acredita que eles representarão com classe todos os mais de 600 atletas do país que estiveram em Santiago”, afirmou Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

(Com informações da Agência Brasil)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM