fbpx
PUBLICIDADE

Balança comercial: exportações em Guarulhos crescem 60% no 1º trimestre

Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Dados foram divulgados pelo Ciesp Guarulhos; crescimento foi puxado pelos combustíveis minerais  

A cidade de Guarulhos registrou um aumento de 60,9% nas exportações durante o primeiro semestre de 2023 em comparação com o mesmo período do ano passado. Os números são da Balança Comercial da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e foram divulgados nesta terça-feira (18) pelo CIESP Guarulhos.

De acordo com o levantamento, as exportações realizadas pelas indústrias guarulhenses, entre janeiro e março de 2023, chegaram ao montante de 677,6 milhões de dólares (aproximadamente R$ 3,3 bilhões), enquanto a soma das vendas para o exterior no primeiro trimestre do ano passado chegou a 421,1 milhões de dólares.

O crescimento das exportações em Guarulhos foi liderado pelos combustíveis minerais, que representaram 54,4% do total das vendas. Na sequência, os produtos mais exportados foram aparelhos mecânicos (11,1%), além de equipamentos elétricos (6,8%).

Diretor titular do CIESP Guarulhos, Maurício Colin atribuiu o crescimento aos investimentos feitos pelas indústrias locais, com foco na constante melhoria dos serviços e produtos ofertados aos clientes nacionais e internacionais.

“Na Balança Comercial da FIESP notamos, também, um aumento nas importações, de 14,9%. Esse crescimento se deve, principalmente, à compra de maquinários, item que lidera a lista de importados em nossa regional. Isso mostra que as empresas guarulhenses estão apostando em infraestrutura, modernizando-se e otimizando os seus atendimentos”, disse o dirigente, que completou: “Em um cenário cada vez mais competitivo, Guarulhos tem mostrado a sua força. Não é à toa que estamos entre as 15 principais economias do país”, disse

Os principais destinos das exportações de Guarulhos no primeiro trimestre de 2023 foram Estados Unidos (13,5%) e Argentina (4,7%). Por sua vez, as compras da regional tiveram como principais origens China (21,3%), Estados Unidos (11,6%) e Alemanha (4,8%).

Importações

As importações registradas pelo CIESP Guarulhos somaram 768,7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 3,7 bilhões) no primeiro trimestre deste ano. Um crescimento de 14,9% na comparação com as compras feitas de empresas estrangeiras entre janeiro e março de 2022. Os itens mais importados foram aparelhos mecânicos (16,2%), brinquedos, jogos e artigos para divertimento (11,6%), bem como equipamentos elétricos (11,2%).

Para o coordenador de Comércio Exterior do CIESP Guarulhos, José Vitorelli, a cidade exerce protagonismo como “hub” logístico aéreo da América Latina.

“O aumento reflete o número de voos – 43.440 pousos e decolagens nos primeiros meses de 2023, conectando o aeroporto a destinos nacionais e internacionais.  Quanto à indústria, Guarulhos vem apresentando investimentos em melhorias na fabricação de produtos, o que reflete o aumento de importações, com produtos manufaturados e semimanufaturados para países como Estados Unidos, Argentina, entre outros”, explicou.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM