fbpx
PUBLICIDADE

Auxílio emergencial deve voltar em março por até 4 meses e parcelas de R$ 200

Bolsonaro
Foto: Pedro França/Agência Senado
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Presidente voltou a defender reabertura total do comércio

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) afirmou, nesta quinta-feira (11), que o auxílio emergencial deve voltar a ser pago a partir de março, em até três ou quatro parcelas de R$ 200.

A declaração foi dada durante a entrega de entrega de títulos de propriedade rural no Maranhão, em entrevista coletiva.

“No momento, a nossa equipe, juntamente com parlamentares, estudamos a extensão por mais alguns meses do auxílio emergencial que, repito, o nome é emergencial. Não pode ser eterno porque isso representa um endividamento muito grande do nosso país. E ninguém quer o país quebrado. Sabemos que o povo quer é trabalho”, disse Bolsonaro.

O presidente voltou a criticar o isolamento social por conta de questões econômicas.

“Tem que acabar com esta história de fecha tudo, tem que cuidar dos mais idosos e dos que têm comorbidades. De resto, tem que trabalhar. Caso contrário, se nos endividarmos muito, o Brasil pode perder crédito e a inflação vem. A dívida já está em R$ 5 trilhões, aí vem o caos”, disse o presidente.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM