PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Assassino de empresário guarulhense morto no Pacaembu é preso no Paraná

Patrick Fialho
Foto: reprodução/Balanço Geral
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Atirador deixou cair o próprio celular após o crime ajudando em sua identificação

O suspeito de assassinar o empresário guarulhense Rafael de Paula Carneiro Ribeiro, de 45 anos, foi preso nesta quarta-feira (1º), em Curitiba, no Paraná, para onde fugiu após o crime. 

O atirador identificado como Patrick Fialho agiu com mais duas pessoas, o condutor do veículo e uma mulher que seria namorada do suspeito. Os dois comparsas estão foragidos.

O empresário foi morto durante uma tentativa de assalto, em 20 de agosto, na Rua Atibaia, no Pacaembu, na zona oeste da capital paulista. Segundo a polícia, Ribeiro caminhava com a namorada quando foram abordados por um suspeito que anunciou o roubo.

A vítima teria entrado em luta corporal com o criminoso, que atirou e fugiu. O empresário não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  O celular do atirador caiu durante a fuga e ajudou na identificação do suspeito.

Rafael Ribeiro foi assassinado enquanto fazia caminhada (Foto: Reprodução/LinkedIn)

Ribeiro era proprietário da CEAG (Central de Abastecimento de Guarulhos), nos Pimentas, desde 2013, e tinha outros negócios no ramo imobiliário. 

Ele esteve à frente do Shopping Bonsucesso, no Jardim Albertina, como diretor comercial. A atuação no empreendimento rendeu a ele o Prêmio Destaque Empresarial pela ACE (Associação Comercial e Empresarial)-Guarulhos, em 2006. 

O empresário formou-se em Direito pela UNG (Universidade Guarulhos) e atuava como sócio do escritório de advocacia da família com sede na capital paulista. 

A OAB de Guarulhos prestou homenagem ao empresário nas redes sociais e lamentou a morte de Ribeiro.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE