fbpx
PUBLICIDADE

Anvisa recebe pedido de registro definitivo da Pfizer para vacina contra a covid-19

Foto: Hakan Nural/Unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Em janeiro, a Fiocruz pediu o registro definitivo do imunizante Oxford/AstraZeneca

A Pfizer enviou à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) neste sábado (6) o pedido de registro definitivo da vacina da Pfizer, que a empresa deu nome de Cominarty, desenvolvida em parceria com a farmacêutica alemã BioNTech. Esse é o segundo pedido recebido pela Agência.

O primeiro foi o pedido da vacina de Oxford, desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico AstraZeneca, apresentado à Agência no dia 29. No Brasil, essa vacina será fabricada pela Fiocruz.

Quando for aprovado e for concedido pela Anvisa, o registro é o sinal verde para que a vacina seja comercializada, distribuída e utilizada pela população, nos termos da indicação estabelecida na bula. Ou seja, o registro é a avaliação completa com dados mais robustos dos estudos de qualidade, eficácia e segurança, bem como do plano de mitigação dos riscos e da adoção das medidas de monitoramento. 

Dos prazos

Anvisa vem avaliando de forma emergencial e com total prioridade as vacinas contra a covid-19. Para tanto, adotou os procedimentos de submissão e análise contínua dos dados e das informações submetidas pela empresa, antes do peticionamento do registro. 

A Anvisa não impõe barreiras ou dificuldades para o pedido de registro de vacinas. Estabelece regras a serem cumpridas, afim de garantir que as vacinas sejam seguras e adequadas para imunizar e não causar dano à população brasileira.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM