fbpx
PUBLICIDADE

Aeroporto de Guarulhos vai expandir Terminal de Cargas

Foto: GRU Airport/Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Expansão permitirá GRU Airport explorar novos modelos de operação e negócios

O Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, administrado pela GRU Airport, apresenta duas novidades. A primeira, o novo projeto que contempla uma área total de cerca de 200.000 m², já em obras, e que permitirá fixar novos players do mercado, incluindo freight forwarders, ground handlers, integradores, plataformas de e-commerce e companhias aéreas a explorarem os novos modelos de operação e negócios. E o segundo, que já está disponível desde janeiro deste ano, o serviço de Transshipment, trânsito internacional de carga, exclusivo no Brasil.

Estes investimentos proporcionarão um aumento na capacidade de armazenagem e permitirá a abertura de um novo fluxo de carga trânsito internacional que utiliza o Brasil como porta de entrada e saída de carga de e para a América do Sul. Esta mudança revoluciona os fluxos de carga na América do Sul e permitirá a GRU assumir-se em definitivo como um polo logístico estratégico no Brasil e em toda a América do Sul.

“Estamos vivendo um momento oportuno, devido ao efeito conjugado do aumento de área para armazenagem e dos novos modelos de negócio, que nos deixa numa posição ímpar para atrair e fixar novos players de mercado e fomentar a competitividade da cadeia logística aérea no Brasil” afirma João Pita, diretor Comercial e de Cargas da GRU Airport.

O Parque Logístico Aero I e o Parque Logístico Aero II terão, juntos, aproximadamente 200 mil m² de área bruta locável com acesso Ar e Terra, agilizando o processo de carga e descarga de aeronaves. Sob gestão da Brookfield Properties, os projetos estão em fase de desenvolvimento e possuem padrão AAA, pé direito livre de 8,5 metros e certificação LEED.

Em 2022, foram conferidas duas concessões de 40 anos para desenvolvimento de parques logísticos dentro do GRU à Brookfield, com investimento estimado de R$ 560 milhões para a construção dos empreendimentos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM