PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

A cada seis dias, Guarulhos envia um morador de rua para o município de origem

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Divulgação/PMG

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Assistência Social realizou 5,3 mil atendimentos no ano passado

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social conseguiu realizar o recâmbio de 61 moradores de rua em 2020 para as suas cidades de origem. Isso significa que, em média, a cada seis dias uma pessoa foi enviada para o efetivo retorno ao seu município.

Com horário estendido, o Serviço de Abordagem Social realizou um total de 5.383 atendimentos, entre os quais 4.487 referentes a demandas encaminhadas pelos Conselhos de Direito, pelo Consultório de Rua e por meio de denúncias.

Outros 825 atendimentos foram produto de ações de busca ativa, as quais resultaram em aceitação para o acolhimento institucional.

Acolhimentos

Os três Serviços de Acolhimento Institucional Masculino (Bambi, Taboão e Centro) implantados no município fizeram um total de 3.432 atendimentos no ano passado. Já o Serviço de Acolhimento Institucional Feminino realizou 220 atendimentos e a Casa de Passagem, 440.

O Se-Pop (Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua) Centro passou a funcionar 24 horas, todos os dias, disponibilizando quatro refeições diárias, além de espaço para guardar a carroça e baias para cães, tomar banho, lavar a roupa e atendimento socioassistencial.

Foi implantado ainda no município um setor para a recuperação de pessoas em situação de rua afetadas pela Covid-19, o qual abrigou 21 delas.

O secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Alex Viterale, abordou as ações promovidas. “Cada iniciativa, programa e projeto mostrou-se importante e necessário para a garantia de direitos dessa parcela da população”, afirmou o gestor.

Mais ações

Outras medidas também foram adotadas pela Prefeitura para o segmento social, como instalação de pias em praças, distribuição de kits com máscaras, sabonetes, álcool em gel e orientações sobre a prevenção à covid-19, além da distribuição de refeições e cestas básicas às famílias em situação de extrema vulnerabilidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE