fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

97,64% dos casos de covid-19 em SP se referem à variante ômicron

Foto: Fusion Medical Animation/Unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Apenas 2,35% das infecções foram da variante delta

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, informou que, nesta sexta-feira (14), 332 novos casos da variante ômicron foram identificados na capital paulista. Das 340 amostras analisadas pelo Instituto Butantan, referente à semana epidemiológica 52, 332 (97,64%) foram positivas para variante ômicron e 8 (2,35%) para variante delta. A vigilância genômica é feita em parceria entre prefeitura e o Instituto Butantan.

O órgão orienta que os indivíduos sigam com medidas de etiqueta respiratória, tais como uso de máscaras e álcool em gel, cobrir a boca e nariz quando tossir ou espirrar e lavar as mãos imediatamente após contato com secreções respiratórias.

A variante gama, que causou milhares de mortes no pico da segunda onda da pandemia no Brasil, praticamente desapareceu do país.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM