fbpx
PUBLICIDADE

“Vou ter que sair na porrada com um bosta desses”, diz Bolsonaro sobre Randolfe Rodrigues

Kajuru Bolsonaro e Randolfe
Foto: reprodução
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Áudios divulgados pelo senador Kajuru mostram cobrança do presidente para ampliar CPI a governadores e prefeitos e irritação com senador da Rede

Um trecho de áudio de uma conversa entre o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), divulgado pelo parlamentar em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta segunda-feira (12), mostra a irritação do presidente com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

“Mas se você não participa, daí a canalhada lá do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse”, diz Bolsonaro quando Kajuru afirma que não vai participar de uma CPI sobre a condução da pandemia pelo governo federal.

Uma decisão do ministro Luís Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), na semana passada, determinou que o Senado instaurasse a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) no Senado, já que o pedido cumpria todos os requisitos constitucionais, como 27 assinaturas de senadores e fatos relevantes para tal suspeita.

Além do trecho divulgado por Kajuru nesta segunda-feira, no domingo (11), outro trecho da conversa colocado em público pelo senador mostra que Bolsonaro cobra de aliados a ampliação da investigação a governadores e prefeitos.

“Se não mudar a amplitude, a CPI vai simplesmente ouvir o Pazuello, ouvir gente nossa, para fazer um relatório sacana. Tem que fazer do limão uma limonada. Por enquanto, é um limão que tá aí. Dá para ser uma limonada”, disse o presidente.

A decisão de Barroso também causou uma instabilidade entre o Planalto e o STF, que deverá discutir a decisão monocrática de Barroso no plenário na próxima quarta-feira (14).

Na conversa com Kajuru, o presidente cita ainda que o senador deve peticionar o STF para colocar em pauta um pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, ao qual o senador pede que o presidente lhe dê o crédito por tal pedido.

“Pode deixar que, tendo a oportunidade, eu falo com a mídia, e cito a minha conversa contigo sobre CPI ampla da Covid e também que o supremo”, afirma o presidente. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM