fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Vôlei guarulhense assina com ex-técnico do Minas Tênis Clube

Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Apresentação do novo treinador ocorre na quarta-feira, 3, em live pelo Instagram @voleiguarulhos

O Vedacit Vôlei Guarulhos anunciou, na tarde desta segunda-feira, 1º, a contratação do técnico Guilherme Novaes (ex-Minas Tênis Clube) para comandar a equipe na Superliga A. Ele foi assistente de Nery Tambeiro no Fiat/Minas nas últimas temporadas. O clube marcou para quarta-feira, 3, às 17h, uma live de apresentação do novo treinador.

Guilherme chega ao Guarulhos para substituir Alegrete, que comandou o time na vitoriosa campanha na Superliga B. O clube subiu para a primeira divisão após o cancelamento das disputas do torneio por conta do novo coronavírus.

A apresentação de Guilherme será transmitida pelo Instagram @voleiguarulhos. Os atletas Sandro Barbalho (levantador) e Thiago Alves (ponta) tiveram contrato renovado com o clube e, portanto, a base do time começa a se formar.

Apesar de manter a expectativa de contratações para as próximas semanas, a ideia do clube é trabalhar com bons jogadores das categorias de base. Justamente por isso o nome de Guilherme foi escolhido.

“Foi uma busca minuciosa para acharmos um perfil que combinasse com nosso planejamento de médio e longo prazo, no qual temos a revelação de talentos como um ponto forte. Queremos colocar isso em prática já. O Guilherme trabalhou nos últimos anos com um gênio chamado Nery Tambeiro, uma das maiores referências do vôlei nacional. Além disso ele tem um trabalho de excelência na revelação de grandes atletas, inclusive na Seleção Brasileira”, disse Anderson Marsili, gestor esportivo do Vôlei Guarulhos.

Em nota, Guilherme disse que está empolgado com a estreia. “O Vedacit Guarulhos é um projeto que vai de encontro com o meu pensamento. Hoje em dia faltam projetos que possibilitam um ambiente favorável ao desenvolvimento de jovens atletas. É um projeto de médio e longo prazo, que tende só a crescer. Tenho certeza que será uma referência dentro do cenário nacional”, afirmou.

Nos bastidores, discute-se que o início da Superliga A 2020-2021 seja em outubro, mas não há qualquer confirmação oficial por parte da Confederação Brasileira de Voleibol por enquanto.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM