PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Vereador aciona MP contra EMTU por precarização e riscos do transporte

Denúncia foi apresentada ao Ministério Público, em Guarulhos (Foto: Reprodução/Facebook)
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

O vereador Eduardo Barreto (PCdoB) encaminhou denúncia ao Ministério Público do Estado de São Paulo por conta de denúncias recebidas de munícipes devido à má qualidade do transporte público intermunicipal, serviço prestado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). A denúncia foi apresentada no dia 28 de fevereiro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o vereador, além do aumento da passagem acima da inflação, “as condições da estrutura dos ônibus que são oferecidos para o transporte são precárias, condições desumanas, com muitas ocorrências de vidros quebrados, que faz o passageiro tomar sol e chuva, pneus carecas, veículos que quebram a todo instante, deixando muitos passageiros nos acostamentos da Rodovia Dutra aguardando um novo ônibus da companhia, quando o mesmo não quebra também, antes do final da viagem”.

Antes de fazer a denúncia, Barreto reuniu uma série de reclamações feitas pelos guarulhenses, que variam desde uma falta de manutenção simples até o caso de um ônibus que pegou fogo sem motivo aparente.

Diante do exposto, é solicitado ao promotor de Justiça que seja apurado as irregularidades constatadas no serviço de transporte coletivo de passageiros e que sejam tomadas as medidas cabíveis.

A EMTU transporta cerca de 300 mil passageiros por dia e gerencia 320 linhas em Guarulhos. São ao todo 3.335 veículos para atender todas as cidades do Alto Tietê, dos quais apenas 179 possuem ar-condicionado.

Em nota, a empresa afirmou que “não foi notificada oficialmente a respeito da representação apresentada ao MP/SP”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE