Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Veja como foi a retomada das missas presenciais em Guarulhos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Wellington Alves
Error: Embedded data could not be displayed.

Igrejas católicas tiveram poucos fiéis e respeito às regras sanitárias neste domingo

Após mais de quatro meses, os católicos de Guarulhos puderam participar novamente das missas presencialmente neste domingo (2). A reabertura foi liberada pelo bispo dom Edmílson Amador Caetano, desde ontem (1º). Em geral, as igrejas tiveram poucos fiéis e respeito às normas de distanciamento social.

Na Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no Centro, a participação de 100 fiéis em cada uma das cinco missas dominiciais pode ser garantida por agendamento pelo Facebook ou na secretaria, mas sobraram lugares entre os que estavam disponíveis hoje.

“O comportamento (dos fiéis) é bem maduro”, comentou o padre Antônio Bosco da Silva, pároco da Matriz de Guarulhos, sobre o respeito às normas sanitárias. Ele reconheceu a alegria e a emoção ao retornar a presidir as missas com os paroquianos, apesar de destacar que não sentiu grande ausência das pessoas nos últimos meses. “Havia bastante interação pelas redes sociais. Não houve intervalo na vida da Igreja, porque a Igreja continuou nas nossas casas.”

Já a Paróquia São José, no Jardim Paulista, preparou transmissão simultânea das missas no salão anexo, mas a ocupação da igreja ficou apenas pela metade entre os lugares disponíveis nas celebrações da manhã de hoje.

Nas missas durante a semana não será necessário agendamento nas igrejas da cidade, já que – normalmente – há pouca participação. A maioria das paróquias prioriza a marcação aos domingos, em que as igrejas, tradicionalmente, ficavam lotadas.

Regras

Dom Edmilson manteve a liberação dos fiéis para o cumprimento do preceito dominical, que entrou em vigor em 22 de março. Isso significa que ninguém será obrigado a participar das missas aos domingos durante a pandemia do novo coronavírus. Os fiéis poderão continuar a comungar sem participar das missas, em horários estabelecidos pelas paróquias.

O bispo enaltece que é preciso manter o distanciamento entre os fiéis, além deles usarem máscaras durante as celebrações. Há álcool em gel e tapete de desinfectação para os católicos que entram nas igrejas.

Nas missas, as pessoas podem retirar as máscaras apenas no momento de receber a eucaristia. Os padres ou ministros entregam as partículas, com pinças, nas mãos dos fiéis. Não há diálogo neste momento.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.