Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Unimed Guarulhos une arte e solidariedade no combate ao suicídio

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Músico Tuono
Foto: Reprodução/Facebook
Error: Embedded data could not be displayed.

Parceria com o músico Tuono traz a música Transbordando,  uma reflexão sobre uma crise de ansiedade

Desde 2015, o Brasil acolhe o movimento Setembro Amarelo, que surgiu com o objetivo de dar visibilidade à temática do suicídio. Embora o número de casos tenha diminuído cerca de 30% nas últimas 3 décadas, como aponta o estudo Global Burden of Disease Study 2016, ainda é a segunda principal causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos no mundo.

Como o suicídio é um ato evitável, a abertura ao diálogo e a compreensão das razões que levam alguém a ceifar a própria vida podem reverter esse quadro. Além disso, o suicídio pode atingir pessoas de qualquer faixa etária, incluindo crianças, por isso é preciso ter atenção redobrada a qualquer mudança de comportamento. Sendo assim, a Unimed Guarulhos realizou uma série de ações ao longo do mês com o objetivo de falar sobre o tema e buscar prevenir a ocorrência.

“É fundamental falarmos sobre o tema com o objetivo de sensibilizar a população e os profissionais da área para os sintomas desse problema e para a saúde mental. Quando a gente conversa, podemos abrir novas perspectivas e até alertar a outra pessoa para tomar medidas para solucionar a situação. É importante que a sociedade como um todo, família, amigos e grupos de trabalho, estejam atentos aos sinais, dispostos e preparados para discutir o tema e encaminhar a pessoa para um tratamento que trará um novo olhar sobre a vida e a vontade de prosseguir”, contou o doutor Francisco Nishi, diretor presidente da Unimed Guarulhos.

Informação em favor da vida

O primeiro passo da Unimed Guarulhos foi oferecer uma série de conteúdos com o objetivo de trazer em pauta o tema e desmistificar a busca por ajuda psicológica, fazendo repercussão no blog de seu recurso próprio, o Complexo Hospitalar Oito de Dezembro, e também nas redes sociais por meio da série de vídeos Minuto Saúde. 

“É muito comum observamos nos discursos de paciente após uma tentativa de suicídio, falas relativas a julgamentos, discriminações, críticas excessivas e uma falta de compreensão em torno deste paciente”, explicou a psicóloga Mariana Visca, que atua na Unidade I do Complexo Hospitalar Oito de Dezembro, recurso próprio da Unimed Guarulhos.

Neste cenário, a informação é fundamental como forma de munir, não apenas a quem atenta contra a própria vida, mas também aqueles que ficam ao redor, como forma de colaborar positivamente, como: identificar, ajudar e até buscar ajuda.

Música como expressão dos afetos

“A música pode fortalecer as conexões sociais, seja quando você compartilha suas playlists favoritas com amigos, quando você se expressa cantando ou conhece outras pessoas com interesses comuns. A música ajuda o indivíduo a se encontrar com ele mesmo e com o mundo”, explicou o doutor Hugo Caminha, médico psiquiatra do Complexo Hospitalar Oito de Dezembro, recurso próprio da Unimed Guarulhos.

Sendo assim, a cooperativa de saúde guarulhense disponibilizou uma playlist nas mais diversas plataformas de música, como forma de estimular a expressão e os laços sociais de seus colaboradores. Disponível no Youtube, Spotify e Deezer com o título ‘Saúde Mental – Unimed Guarulhos’, a seleção contempla meditações e músicas brasileiras e internacionais que falam sobre vida e recomeços.

Transbordando

A Unimed Guarulhos também fechou parceria com o artista paulistano Fábio Vieira, 35 anos, conhecido como Tuono e, assim, convidou seus colaboradores e beneficiários a refletirem sobre o tema por meio da arte na música ‘Transbordando’, em que o cantor e compositor relata sua relação com a ansiedade numa crise no metrô da capital paulista. “Compus essa música em janeiro de 2019, após sofrer uma crise de ansiedade na linha vermelha do metrô”.

Numa rotina comum a muitas pessoas, Tuono relata sua experiência em uma das linhas mais movimentadas do coletivo. “Na hora eu quis descer do metrô, mas não tinha como. Eu desci na estação seguinte e fiz o trajeto que tinha que fazer andando. Foi nesse momento que eu percebi que tinha algo de errado comigo e eu precisava me tratar. Busquei atendimento no posto de saúde próximo a minha casa e iniciei meu tratamento. Daí, como Tuono, passei a relatar musicalmente as crises que eu tive e as que me recordava. Percebi que muitas pessoas se identificaram com minha arte, por meio das experiências que tive. Jovens, profissionais de saúde que, através da canção, conseguiram diálogo com a família após me ouvirem. Então, acredito que fiz um trabalho que, de alguma forma, contribuiu para o lado positivo da luta contra a falta de informação que permeia as doenças psicológicas”, conta o artista.

Ajuda segura e sigilosa

Desde o final de abril, a Unimed Guarulhos oferece apoio psicológico aos seus profissionais, de forma gratuita e sigilosa, em seus respectivos postos de trabalho como forma de aliviar a pressão da pandemia do novo coronavírus. A seus clientes, além da rede de atendimento, a operadora guarulhense oferece apoio por meio do programa Viver Bem – Saúde Mental. Mais informações e inscrições, escreva para: viverbem@unimedguarulhos.coop.br. “Não podemos jamais ignorar a situação de uma pessoa com comportamentos e pensamentos suicidas, nem mesmo fazer com que o problema pareça uma bobagem ou algo trivial. Procure ajuda imediatamente, não deixe a pessoa sozinha em momentos de crise e nem a julgue por seus atos” alerta dr. Hugo.

Assista o clipe da música ‘Transbordando’ no YouTube: http://bit.ly/MúsicaTransbordando

Confira as playlists nas plataformas streaming:

Youtube: http://bit.ly/YoutubeUnimedGuarulhos

Deezer: http://bit.ly/DeezerUnimedGuarulhos

Spotify: http://bit.ly/SpotifyUnimedGuarulhos

Sobre a Unimed Guarulhos

Fundada em 1994, a cooperativa atua em Guarulhos, Arujá, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos e Santa Isabel e conta com rede de médicos, hospitais, pronto atendimentos, laboratórios e clínicas.

Com o compromisso de aprimorar a assistência a seus clientes, desde 2008, a rede de atendimento tem sido ampliada com unidades próprias: são dois hospitais, dois centros de diagnóstico, uma unidade de oncologia e duas unidades ambulatoriais, que recebem investimentos contínuos em instalações, tecnologia e na qualificação das equipes, com o objetivo de buscar pela satisfação de seus beneficiários, a valorização da medicina humanizada e preventiva e a promoção da saúde e bem-estar social.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.