PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Tudo vazio

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Reprodução/Redes sociais

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) tomou decisão acertada em suspender o início da última divisão do torneio estadual. Os clubes só entrariam em campo a partir de 18 de abril, ou seja, daqui a um mês. Porém, o que poucos se lembram é que jogadores, comissão técnica e diretoria de agremiações tinham que manter sua rotina de treinos e administração normalmente até a data, contrariando, assim, recomendação da OMS para imediato isolamento e afastamento social.

Apesar disso, os dois clubes que representam profissionalmente a cidade no Paulistão, o Flamengo e a AD Guarulhos (ou Guarulhos GRU, como queiram), não confirmaram se os atletas serão afastados de suas atividades. Aliás, o Índio nem sequer divulgou nota apoiando ou reprovando a decisão da FPF.

No caso do vôlei, o Vedacit Guarulhos ganhou um tempo a mais para respirar e ganhar mais fôlego na Superliga B. Depois de ficar cinco partidas invictos, os atletas foram superados nos últimos dois jogos da primeira fase. Ainda assim, ganharam do Lavras, fora de casa, pelo primeiro embate das quartas de final. O técnico Alegrette terá um tempinho a mais para preparar suas estratégias para lutar por uma vaga na tradicional Superliga A.

É uma pena que o esporte guarulhense tenha que dar uma pausa com tempo indeterminado. Em uma cidade em que o assunto é pouco debatido e incentivado, conforme pode ser visto nos últimos 20 ou 25 anos, este é mais um duro golpe na prática esportiva municipal. No entanto, a saúde deve vir sempre em primeiro lugar e é perfeitamente compreensível que essa atitude seja tomada imediatamente.

PUBLICIDADE

Previous
Next

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Error: Embedded data could not be displayed.
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM