fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Tribunal de Justiça mantém prisão preventiva da esposa de Geleia Protetor

Fernanda Galdino, presa
Foto: Reprodução/Band
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Fernanda Galdino é acusada de comandar esquema de extorsão contra comerciantes de São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a prisão preventiva de Fernanda Galdino, esposa do vereador de Guarulhos, Geleia Protetor (PSDB), pela suspeita de comandar um esquema de extorsão contra comerciantes quando era subprefeita da Lapa, cargo pelo qual foi exonerada no mês passado.

Após ser levada para prestar esclarecimentos no Dope (Divisão de Capturas do Departamento de Operação Policiais Estratégicas), ela dormiu na carceragem do 1º Distrito Policial de Guarulhos, no Centro. A prisão aconteceu no apartamento de Geleia, na avenida Bartholomeu de Carlos, no Jardim Flor da Montanha.

De acordo com o Ministério Público do Estado de São Paulo, há indícios de vantagens indevidas por Fernanda para a expedição de alvarás de autorização para eventos na área da subprefeitura.

O GRU Diário entrou em contato com Geleia, que não respondeu mensagem, nem atendeu o celular.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM