PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Trajetória da ginasta guarulhese Rebeca Andrade vira documentário no Globoplay

Rebeca Andrade
Foto: Ricardo Bufolini/CBG
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Série ‘É Ouro! O brilho do Brasil em Tóquio” estreia hoje e conta a história da atleta e de outros medalhistas de ouro

A medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, Rebeca Andrade, de 22 anos, é uma das atletas que terá a sua trajetória retratada no novo documentário no Globoplay: “É Ouro! O brilho do Brasil em Tóquio”.  

O  primeiro episódio mostra Rebeca, a primeira ginasta brasileira medalhista olímpica, cantando o hino nacional com apenas 11 anos, e seus treinos ainda em Guarulhos quando participou do Programa de Iniciação Esportiva, em 2005, entre outros momentos.

Já estão disponíveis na plataforma as histórias de Rebeca e do canoísta Isaquias Queiroz. A cada semana serão dois episódios com atletas que ganharam ouro em Tóquio, sempre às quintas-feiras. 

O surfista Ítalo Ferreira, a dupla de velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze, o boxeador Hebert Conceição e a nadadora Ana Marcela Cunha também participam do documentário. Um episódio extra mostra a trajetória de Rayssa Leal, prata na categoria street do skate, que se tornou a medalhista olímpica mais jovem do esporte brasileiro, com apenas 13 anos.

Serão exibidas imagens inéditas dos atletas em Tóquio, os bastidores da preparação técnica, entrevistas exclusivas, a conquista das medalhas e o retorno ao Brasil. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE