PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Tony Auad: Erros e falta de respeito na cobertura da morte de Marília Mendonça

Foto: Divulgação/Globoplay
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Ausência de sensibilidade e respeito por parte do jornalismo da Globo causou revolta entre muitos fãs

Tony Auad
Foto: Divulgação

Hoje inicio a minha coluna comentando o exagero cometido por algumas emissoras de televisão  na cobertura da morte da cantora Marília Mendonça em acidente aéreo na última sexta-feira (5).

Sem contar a carona que alguns artistas pegaram na cobertura da tragédia para aparecerem um pouco mais, meio a situação constrangedora daquele momento. Um verdadeiro desrespeito aos familiares.

A Record, por exemplo, costuma sempre ser bastante criticada por suas coberturas sempre que algum famoso morre, mas o que tudo indica, a Globo acabou assumindo esse papel.
Após exibir o corpo de Marília Mendonça sendo retirado do avião, a emissora também mostrou o enterro da cantora mesmo contra a vontade da família que fez duras críticas por essa postura.

Como os parentes da artista queriam uma cerimônia privada, eles não permitiram a entrada do público e nem da imprensa. A Globo, no entanto, deu aquele jeitinho brasileiro de registrar os últimos momentos da despedida de Marília Mendonça mostrando imagens aéreas do cemitério onde ela foi enterrada.

A decisão do canal carioca repercutiu negativamente entre muitos fãs fazendo a emissora ser comparada com a Record, inclusive. A emissora usou drone no cemitério, aproveitando os momentos finais para ganhar audiência.

Se a família da cantora não liberou a entrada da imprensa, a Globo não deveria usar os recursos do drone para mostrar o cemitério. Por outro lado, a Record alfineta a Globo dizendo que poderia mostrar as imagens do cemitério de helicóptero, mas decidiu respeitar a família.

Para a coluna, a Globo ultrapassou todos os limites com esse drone em cima do cemitério. A família cedeu horas de velório aberto aos fãs e à imprensa, custava deixar eles um momento a sós na despedida final?

Faltou sensibilidade e respeito por parte do jornalismo da emissora que não respeitou o pedido da família. Porém, vale a pena ressaltar que a emissora mais discreta nessa cobertura foi o SBT que se limitou apenas a mostrar o acontecido nos seus telejornais.

Frase final: Só o tempo apaga as tristezas das nossas vidas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE