fbpx
PUBLICIDADE

Tony Auad: Carlos Tramontina deixa a Globo após 43 anos

Foto: Reprodução/Instagram
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

O jornalista José Roberto Burnier assume o lugar de Tramontina no SP2

Tony Auad
Foto: Divulgação

Hoje inicio a minha coluna comentando a saída de Carlos Tramontina da TV Globo, depois de 43 anos de serviços prestados à empresa. Âncora do SP2 e um dos principais jornalistas da Globo em São Paulo.

Em comunicado interno que Ali Kamel, diretor geral de jornalismo, usou para se despedir do colega na última terça-feira (26). O Telejornal Paulista passou a ser comandado por José Roberto Burnier desde a última quarta-feira (27), que estava na GloboNews.

Tramontina se despediu de maneira discreta dos telespectadores do SP2, noticioso que ele comandava desde 1998. “Quero mandar um abraço a todos vocês, muito obrigado pelo carinho, boa noite”, disse o jornalista de 65 anos, de braços abertos, no encerramento.

Nas suas redes sociais, Tramontina comentou sobre sua saída da emissora. Depois de 44 anos em atividades jornalísticas diárias, estou deixando a Globo, uma decisão tomada em comum acordo com a empresa.

“Tenho orgulho da minha carreira e vivi intensamente importantes momentos do jornalismo ao longo desses anos”, afirmou o profissional em outro trecho de sua mensagem de despedida.
Tanto a Globo quanto Tramontina confirmaram que a saída aconteceu em comum acordo. O jornalista também apresentava o “Antena Paulista”, nas manhãs de domingo. Sua trajetória na Globo começou em 1978.

Na carta de despedida Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, destaca alguns feitos do agora ex-colega: “Tramontina carrega alguns orgulhos, o de ancorar o primeiro jornal fora de um estúdio. Na pandemia montou um cenário na sua casa e de lá apresentava o “Antena Paulista” com bons resultados.

Para substituir Tramontina no SP2, a Globo escalou também o veterano José Roberto Burnier, que tem 61 anos de idade, e está na Globo desde 1983. Para a coluna, a Globo errou, pois tinha como opção o jornalista Alan Severiano que várias vezes substituiu Tramontina.

Frase final : A Injustiça é a maior prova da incapacidade humana.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM