PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TCU aprova concessão da via Dutra com “pedágio” em Guarulhos a partir de 2022

Rodovia Dutra
Foto: Divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Cobrança por sistema Free Flow será por trecho rodado na pista expressa

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou o processo de concessão da rodovia Presidente Dutra, no trecho que liga as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O procedimento é o último antes da publicação do edital de concessão. A expectativa é que o leilão ocorra no quarto trimestre deste ano.

Uma das surpresas da nova concessão, que deve valer a partir de março de 2022, é a instalação de um sistema de pedágio sem a necessidade de uma praça para o pagamento. Batizado de free-flow, o sistema permite a adoção de uma valor variável de acordo com a demanda de veículos. O novo sistema deverá ser implementado na região de Guarulhos.

Na sessão de quarta-feira (28), a Corte aprovou os estudos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). No total, estão previstos R$ 14,8 bilhões em investimentos por parte da iniciativa privada para ampliação de capacidade, com duplicações, implantação de terceiras e quartas faixas, vias marginais, entre outras melhorias.

O leilão terá um modelo híbrido de concorrência, que mescla desconto na tarifa de pedágio e o valor da outorga da concessão. Nesse formato, o edital traz o valor máximo da tarifa e um teto de desconto. Ganha o leilão quem oferecer o maior desconto ao usuário dentro do teto permitido. O valor de outorga servirá como critério para o desempate entre concorrentes. A duração do contrato é de 30 anos.

(Com informações da Agência Brasil)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE