PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Taxa de ocupação de leitos de UTI na cidade cai de 97% para 85% do total

Foto: Márcio Lino/PMG
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Disponibilidade de leitos de UTI e índices de contaminação são critérios de avaliação para reabertura de comércios

A taxa de ocupação de leitos voltados para a covid-19 na cidade, somados os dados das redes municipal e estadual, caiu de 97% para 85% neste sábado, 30, segundo informações dadas pelo secretário de saúde, José Mario, durante live junto ao prefeito Guti (PSD), via redes sociais, neste sábado 30.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o secretário, este dado pode já não refletir a situação real, tanto para baixo, quanto para cima, já que é altamente mutável.

“Ontem tínhamos 97%, anteontem quase que 100%, esta dinâmica, o que eu poderia dizer, em termos numéricos, tecnicamente falando, é que nós estamos à beira de um colapso total”, disse o secretário.

A cidade conta com 141 leitos estaduais e 136 municipais para covid-19, sem contar o Centro de Combate ao Coronavírus, no Cecap, que possui mais 71 leitos para atendimentos, dez deles de UTI.

Para aumentar o número de leitos na cidade, o secretário José Mario afirmou que dois hospitais privados, de um total de sete na cidade, já reúnem condições para alugar leitos à Prefeitura.

Na próxima semana, recursos do governo federal devem ampliar em mais 20 o número de leitos de UTI no hospital de campanha do Cecap.

A Prefeitura pleiteia ainda mais leitos do SUS na cidade voltados para internação de pacientes de covid-19.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE