fbpx
PUBLICIDADE

Tarcísio de Freitas critica atraso da obra do monotrilho da Linha 17-Ouro do Metrô

Tarcísio de Freitas x eleição
Foto: Vinícius Rosa
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Candidato afirmou que, se eleito, vai finalizar as obras inacabadas do Estado

O candidato ao Governo do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), visitou nesta segunda-feira (29) o canteiro de obras da Linha 17-Ouro do Metrô, um monotrilho na Zona Sul da capital paulista que estava previsto para ser entregue pelo governo estadual para a Copa de 2014 e, depois de oito anos, ainda não está finalizado, prejudicando a mobilidade da cidade.

“Não dá mais para ser a obra do “ano que vem”. Vocês já ouviram muito isso. Tem que ser a obra do presente. Essa obra é fundamental pra mobilidade. O transporte público tem que facilitar a vida do cidadão e não dificultar”, pontuou Tarcísio.

O candidato lembrou que o Estado acumula 845 obras atrasadas ou paralisadas, como o trecho Norte do Rodoanel.

“Há um problema de concepção e de contratação. Se você erra na concepção, a obra fica inacabada. Quando você gasta energia na fase de concepção, você diminui o tempo de obra. Obra barata é a obra rápida”, destacou o candidato.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM