fbpx
Campanha Governo do Estado Doação de Órgãos
PUBLICIDADE

SP reabre restaurantes e bares na segunda-feira; em Guarulhos, seguem proibidos

Foto: Evening_tao/Freepik
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Decisão judicial obrigou Prefeitura a suspender plano de flexibilização

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), assinou, neste sábado (4), os protocolos setoriais com representantes de bares, restaurantes, salões de beleza, estética e bem-estar. Os estabelecimentos classificados na fase 3 – Amarela do Plano São Paulo poderão retomar o atendimento presencial ao público a partir de segunda-feira (6), durante seis horas e com 40% da capacidade, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo documento.

Em Guarulhos, contudo, bares e restaurantes seguem proibidos de receber clientes. Os consumidores podem apenas retirar marmitas em serviços delivery. De acordo com o Plano São Paulo, os municípios do Alto Tietê seguem na faixa laranja, com maiores restrições. O maior empecilho é a taxa de crescimento de internações pelo novo coronavírus, que está em 1,04% nos últimos sete dias.

A Prefeitura de Guarulhos tinha definido que os restaurantes e bares da cidade também poderiam reabrir na segunda-feira. A medida foi suspensa após liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo, obtida pela Procuradoria-Geral do Estado, que obriga a Prefeitura a seguir o Plano São Paulo. O prefeito Guti (PSD) prometeu recorrer da decisão.

Se na próxima sexta-feira (10), a taxa de infecções ficar inferior a 1%, os bares e restaurantes de Guarulhos poderão reabrir no dia 13 de junho. Caso contrário, a flexibilização ocorrerá apenas em 27 de julho.

Guti reclama que o Plano São Paulo privilegia a capital paulista, já que a separa da Grande São Paulo, apesar de institucionalmente todos os 39 municípios estarem ligados. A medida permite que São Paulo – que foi alvo da pandemia primeiro que os demais – seja favorecido antecipadamente com as medidas de flexibilização.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM